Amar hoje é, um elo entre o azul e o rosa, azul e azul, rosa e rosa; amanhã não sei.

 autor 
António Almeida
Enviar um comentário