Se eu filmasse a tua ignorância, tu dirias que não eras tu a personagem.

autor
António Almeida

Enviar um comentário