Amo-te, quero-te, e não te sei explicar... Quero-te, porque amo-te, e não me sei expressar... 

 autor 
 António Almeida
Enviar um comentário