O grande risco do sexo casual é, evitar o risco. Em um mundo que muda da verdade, rapidamente, por interesses. A única estratégia com garantia é, não percorrer riscos, pois nunca saberá na hora os grandes riscos.

António Almeida
Nunca saio de casa, sem primeiro ouvir as noticias. Eu preciso de saber, se já acabou o mundo.


autor
António Almeida
A religião do futuro é, o futuro sem religião.

autor
António Almeida
Tu nunca vais deixar de ser especial para mim e, eu nunca deixarei de te esquecer, porque se o destino quis, nós dois nos encontrarmos por fim é, porque tinha que ser, aconteça o que tiver que acontecer. 

 autor 
 António Almeida
Talvez um dia tu compreendas, que és para mim, uma pessoa muito especial, sim. Não porque, te diferencies, te desprendas, mas porque és exatamente igual a mim.


autor
António Almeida
Não tenho palavras... Agora tu partiste... Agora a saudade voltou.

autor
António Almeida
Hoje, não quero saber a razão, um dia novo vem nascendo,  surge a luz, vai-se a escuridão,  não vou gritar teu nome em vão,  mesmo me doendo.

autor
António Almeida
Qem tudo quer, tudo tem.


autor
António Almeida
Eu sou escravo da minha mente.

autor
António Almeida
Eu sou sábio, da minha sabedoria.

autor
António Almeida
Meditação não trás sabedoria; a meditação deixa-o na ignorância. Saiba que o conhecimento adquirisse pela experiência... agindo. Ninguém vai mais longe, que a matéria que adquiriu, por isso caminhe, se guie, ao encontro da sabedoria e, se tornará sábio. 

 autor 
 António Almeida
Não importa, quantas palavras, ditas sagradas, tenha lido, não importa... pois palavras sagradas não são mais que conjunto de regras, de leis sistematicamente organizadas, que servem de base a uma doutrina dos preceitos básicos que compõem um sistema (religioso, político) seitas. Elas não servem para nada, não nos dão paz, amor, justiça, alegria de viver. É a circunstâncias que nos causa nossos sofrimentos e, você tem que agir de acordo com elas, inteligentemente, para se sentir em plena felicidade na vida.

autor
António Almeida
Não permita que alguém lhe tire a felicidade... a felicidade é sua... É melhor andar satisfeita consigo mesmo, do que dar satisfação ao mundo.

autor
António Almeida
As perdas, os ganhos, são constantes...  Os amores, os ódios, são inevitáveis...   As mudanças, são irreversíveis. A felicidade está em agirmos extasiados na vida sobrevivendo a tudo isto.

autor
António Almeida
Não importa quantos caminhos já percorreu, não importa quantos atalhos, não importa... O que importa é que você agiu de acordo com a sua consciência,  e eles serviram para se tornar forte, resistente e maduro.

autor
António Almeida
Deus chegou ás Américas, com um livro na mão e uma espada na outra.

autor
António Almeida
É melhor conhecer-se a si mesmo, do que querer conhecer os outros.

autor
António Almeida
Tudo é mental, vai da mentalidade, pela matéria adquerida.

autor
António Almeida
Onde quer que eu esteja, esse é o meu templo, para contemplar o amor.

autor
António Almeida
Nascemos para viver... o morrer vem depois.

autor
António Almeida