Eu não sei escrever... nem sei fazer poesia. Só sei, que me sinto bem, entre a caneta e o papel.

autor
António Almeida
Enviar um comentário