O amor é a arma mais potente que há no mundo. A que consegue sem guerras levar o homem à paz. Mas os homens são assim: De um lado, os do quererem sem poderem, do outro, os do poderem sem quererem.

autor
António Almeida
Enviar um comentário