Se te perguntas porque não te respondo, eu te digo: As palavras não são águas de um rio que viajam só entre margens; são travessias  por inteiro de que podem transbordar por vezes as margens.


autor
António Almeida
Enviar um comentário