Para resolverem problemas úteis, as pessoas têm o hábito de se perderem em problemas inúteis.

 autor 
António Almeida
Enviar um comentário