Numa planície com carinho, onde me irá, à benevolência levar. Vou fazendo o meu caminho, para poder lá chegar.

autor
António Almeida
Enviar um comentário