Cubro a tua pele com suor do meu desejo, para matar minha sede.

autor
António Almeida
Enviar um comentário