Em teu corpo, nascem todos os teus quereres. E nele, alimento todos os meus prazeres... 

autor 
António Almeida
Enviar um comentário