Se paixão é loucura, que seja eu louco sem cura.


autor
António Almeida