Não há nada mais inútil que falar com um fútil.

autor
António Almeida