Para mim só existe o que se sabe que existe e o que parece não é.

autor
António Almeida