Tua saudade, é a minha saudade. Deitados nas noites em silêncio.


autor
António Almeida
Enviar um comentário