Eu sou burro, e sou Português, num País de doutores; apenas por acaso. 


autor
António Almeida
Enviar um comentário