Senão consegue compreender as pessoas ao seu redor, compreenda-se a si.

autor
António Almeida
Enviar um comentário