A vida, traz sempre, muitas probabilidades e nada de promessas.


autor
António Almeida
Enviar um comentário