Eu escrevo para não falar, jamais para os outros calar.

autor
António Almeida