O doce é o maior inimigo da mulher, mas rara é a mulher que foge do inimigo.

autor
António Almeida