O homem transforma tudo constantemente, por exigência da sua imaginação.

autor
António Almeida