O amor é um desgraçado cheio de defeitos quando acaba.

autor
António Almeida