Quem conta momentos e não anos, tem tempo que sobra sem desenganos.


autor
António Almeida
Enviar um comentário