Um amigo fingido; é como uma faca de dois gumes, por qualquer lado cortar.

autor
António Almeida