Não preciso de ser sábio para ser homem; Não preciso de ser homem para ser humano; Mas preciso de ser humano para compreender o homem.


autor
António Almeida
Enviar um comentário