Fazer o nosso próprio caminho é o mais difícil que existe, e esta é provavelmente a razão por que tão poucos se dedicam em o faze-lo servindo-se dos de os outros.

autor
António Almeida
Enviar um comentário