Minha solidão não tem nada a ver com a presença ou ausência de pessoas… Detesto simplesmente que me queiram roubar a minha inspiração. 

 autor 
António Almeida
Enviar um comentário