Às vezes, acreditamos de mais em certas pessoas... O tempo passa, e descobrimos que são tão raras as pessoas certas, em mais que confiar. 


autor
António Almeida
Enviar um comentário