Hoje só precisava de um colo, um simples colo, para minha mágoa deixar.

autor
António Almeida
Enviar um comentário