Quantas certezas, nos levaram ás incertezas... Quantas incertezas, nos levaram ás certezas... Quantas clarezas... e nós continuamos nas mesmas.


autor
António Almeida
Enviar um comentário