Amo-te, não porque te o digo, mas porque o sinto. E cada dia mais sinto o que te digo.

autor
António Almeida
Enviar um comentário