Uma rosa não mata as lembranças, mas mata as saudades que tenho de ti.


autor
António Almeida
Enviar um comentário