Às vezes é preciso tombarmos, para sabermos o que realmente somos capazes…


autor
António Almeida
Enviar um comentário