Se o meu coração soubesse odiar, ele não estaria agora a chorar.

autor
António Almeida