Não podes fazer sorrir uma árvore, mas podes alimentá-la! 

 autor 
António Almeida