Procure dentro de si, a sua própria luz; para não ter que viver como a lua.


autor
António Almeida