Se o Natal não incomodasse muita gente, era Natal todos os dias.


autor
António Almeida