O desejo do poeta possibilita-o de o por em acção.

autor
António Almeida