Antes de criticar, torna-se indispensável uma excelente atenção no que vai pôr defeito; pois aquele que se expõe desnecessariamente morre vítima do ridículo.


autor
António Almeida