Um homem invejoso não é astucioso; vive queixoso, de ciúmes teimoso e é perigoso.

autor
António Almeida