O amor não é um simples acto, mas sim, uma solução para um mundo melhor em harmonia. Todos os caminhos que nos levem a ele, por mais simples ou não que sejam, terão que ser bem vindos. Todas as soluções traçadas, por mais modestas ou não que sejam, terão que ser bem recebidas. Porque o facto é que: O amor é o único que não tem política, nem religião, nem segregação racial; e quando deixarmos de amar totalmente uns aos outros, não asseguramos mais a presença da nossa existência. 

 autor 
António Almeida
Enviar um comentário