Se eu quisesse agradar a todos, eu não escrevia o que penso - faria um canja de letras. 

 autor 
António Almeida
Enviar um comentário