Há dias, em que os flocos de neve caem. E te molham, com palavras frias; não por fora, que logo as enxogarias, mas por dentro e não saem.

autor
António Almeida
Enviar um comentário