Uma humanidade sequestrada pelas más políticas não ficará um dia reduzida a pedir aos seus governantes que lhes restituam em qualidade o que tivera perdido em quantidade?


autor
António Almeida
Enviar um comentário