Todos os dias quando acordo, vou abrir a porta há felicidade.


autor
António Almeida