Considero a bíblia como um livro de contos infantis, consumido por adultos.

autor
António Almeida