Os loucos fazem bombas para fumarem e são detestados, num mundo em que os ajuizados fazem bombas para matarem e são amados.


autor
António Almeida
Enviar um comentário