Não há segredos nos meus olhos. Quantas palavras serão necessárias para confirmar a dor que eu sinto?

autor
António Almeida
Enviar um comentário