Todas as mulheres são escravas, das suas próprias mãos. 

 autor 
António Almeida